Animal – S.O.S.

O Ministério do Meio Ambiente, quando o Ibama, ainda no tempo da ministra Marina Silva e depois de exaustivos estudos e pesquisas, apurou que 1.472 espécies vivas da flora e da fauna no Brasil estão ameaçadas de extinção.

No entanto, foi oficialmente divulgado que o número era de apenas 472 espécies. Esse informe falso foi proveniente de pressão de gabinetes da presidência da República, alegando que aquele número iria refletir negativamente para o Brasil junto aos órgãos internacionais.

A cada hora uma espécie é assassinada por ação humana e motivos extremamente fúteis, como o simples prazer de praticar a caça como esporte. E existem muitos outros exemplos igualmente fúteis como esses, por exemplo:
– Na luta de sumô, no Japão, tido como civilizado, os contendores, para ter êxito no tablado, bebem sangue de tartaruga preta, degoladas minutos antes dos enfrentamentos. Os japoneses, aliás, são campeões em matança de tartarugas, baleias e outros mamíferos aquáticos;

– Relatório recente do Centro Nacional de Pesquisas e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP) informa que a “onça-pintada da caatinga nordestina, estimada em 356 exemplares, está próxima de desaparecer (serem assassinadas) dentro de três anos, por perda do seu hábitat.” Na verdade, não há perda de habitat. Há é ocupação e destruição do habitat dessa espécie pela construção do progresso em atendimento aos interesses antropocêntricos;
– O almiscareiro, simpático animal ruminante da família dos cervídeos, é intensamente perseguido e assassinado para extração de uma glândula odorífera que possui, chamada de almíscar, usada na fixação de perfumes que vão satisfazer as vaidades femininas.

A tragédia não se restringe apenas às fronteiras brasileiras. O número de espécies ameaçadas de extinção no planeta é realmente ignorado. Conhece-se, no entanto, que as já extintas, só no mês de janeiro de 2010, chegam a 1.600.

(Fonte Animais SOS. ORG)

Anúncios

Publicado em 12 de março de 2010, em Artigos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: