Plantas Carnívoras

Plantas carnívoras são plantas com a habilidade de capturar animais e, através de enzimas digestivas, extrair compostos nitrogenados para seu próprio aproveitamento. São normalmente habitantes de solos pobres e encharcados, com pouca disponibilidade de nitratos (essenciais para a síntese da molécula de clorofila), dependendo assim do nitrogênio contido nas proteínas dos animais.

Algumas das plantas carnívoras têm uma arma super poderosa na caça aos insetos: o perfume do seu néctar. Quando um inseto é atraído pelo perfume e se aproxima, a flor aprisiona o alimento com gotas de uma substância gosmenta.

Outras espécies de plantas carnívoras atraem insetos pelo brilho dessas substâncias. Há ainda aquelas mais ousadas, que fecham suas pétalas com grande rapidez, engolindo os pequenos bichos como se  “fechasse uma bocona”. 

Existem quatro famílias principais de plantas carnívoras:

Sarraceniaceae

Nepenthaceae

Droseraceae

Lentibulariaceae

Elas são extremamente distintas entre si com respeito às estruturas reprodutivas, o que indica que podem ter evoluído paralelamente, e que sua habilidade de capturar e digerir seja uma convergência evolutiva. Entretanto, algumas estratégias de captura são similares, como nos animais.

Veja também:

 

 

Kauana Galindo.

Anúncios

Publicado em 3 de abril de 2010, em Artigos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Acho plantas carnivoras fascinantes.
    As estrategias variadas são encantadoras…

  2. è claro que não comem gente como nos desenhos animados. Mas ao vivo dão a impressão de que , até, pensam!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: